Saiba tudo sobre KYC - Know Your Customer

KYC – Você já sabe o que é know your customer?

A política know your customer, também conhecida como KYC, é aplicada em diversas exchanges de criptomoedas do mundo todo.

São diversos procedimentos que visam revelar para as exchanges quem são seus clientes, a fim de facilitar o rastreio, caso seja identificado que o cliente está envolvendo em alguma atividade ilícita – e provavelmente está utilizando criptomoedas para lavar o dinheiro da operação.

Geralmente, são pedidos dados como documento de identificação (o que já inclui nome e foto), o número de uma conta bancária, endereço e uma foto com o nome da exchange escrito em um papel. Essa é a prática comum de KYC.

O KYC foge da visão de Satoshi 

A problemática do KYC é ampla. A primeira delas é: quem verifica os dados enviados é um funcionário da exchange, uma pessoa. Como é de ciência de todos que entendem o mais básico dos conceitos das criptomoedas, a blockchain é uma excelente invenção porque ela retira o aspecto corruptível do ser humano da equação.

Por ser uma pessoa, passível de corrupção, responsável por analisar os dados, é possível que ela venda os dados de clientes com saldos generosos mantidos na exchange.

A mágica das criptomoedas é a descentralização, e a negociação em Bitcoin foi feita para ser anônima. Logo cadastrar seu CPF, RG e comprovante de residência vai contra o princípio de seu criador e sua criação.

Dados roubados de KYC

O usuário da plataforma pode, eventualmente e na melhor das hipóteses, ser alvo de hackers, que tentarão a todo custo abrir uma brecha na plataforma e tomar os fundos do usuário – geralmente por ataques de phishing. Na pior das hipóteses, um grupo criminoso pode atentar contra a vida do usuário da plataforma, por meio de um sequestro, por exemplo. Como a transferência de criptomoedas é irreversível, a vítima fica à mercê da boa vontade dos criminosos após transferir os fundos.

Um exemplo conhecido é o do hacker sob a alcunha de “ExploitDOT” que na época confirmou que estava vendendo dados know your customer (KYC) de grandes exchanges de criptomoedas do mundo na Dark Web.

Para garantir a privacidade de seus clientes, a Cointradecx eliminou o KYC (Know Your Customer) – Envio de documentação para saber a identidade do usuário, tais como: Identidade, CPF, comprovante de residência,  Selfie e etc. O KYC é contrário à visão de Satoshi Nakamoto, que é a favor do anonimato e da privacidade, pois quem verifica os dados enviados é um funcionário da exchange, é uma pessoa. 

Ou seja, ao usar uma plataforma com KYC, o usuário de criptomoeda se torna passível de fraudes e venda de dados por parte de terceiros, nos quais precisa confiar. Como é de ciência de todos que entendem o mais básico dos conceitos das criptomoedas, porém, a blockchain é uma excelente invenção porque ela retira o aspecto corruptível do ser humano da equação através da desintermediação.

Abra agora sua conta agora na Cointradecx!

Fique à vontade para enviar as suas dúvidas para support@cointrade.zendesk.com e siga-nos em nossas redes sociais para ficar por dentro das últimas notícias: Facebook, Instagram e Twitter.

Deixe uma resposta