Situação Econômica X ExpeCTATIVA DE MERCADO

Antes de mais nada é preciso ter cautela, inclusive, com as notícias e informações que chegam sobre a situação econômica do país.

É fato que estamos passando por um momento atípico e que, sim, está impactando toda a economia global.

A crescente preocupação com uma segunda onda de COVID-19 assustou os mercados de ações do mundo, o que significa que a correlação de curto prazo entre o preço do Bitcoin e as ações dos EUA que testemunhamos ocasionalmente nos últimos meses está retornando.

O motivo dessa preocupação são os novos surtos de COVID-19 nos EUA, China e em outros lugares (por exemplo, no Oriente Médio).

O analista de criptomoedas Mason Jang, que é o Chief Strategy Officer (CSL) da startup sul-coreana de análise de blockchain CryptoQuant, diz que as baleias de Bitcoin responderam a esses assuntos preocupantes, movendo rapidamente suas moedas para exchanges de criptomoedas centralizadas.

De acordo com dados da CryptoCompare, entre a última quinta-feira (11 de junho) – o dia em que as ações dos EUA sofreram a maior perda desde a “Quinta-feira Negra” (12 de março) – o preço do Bitcoin caiu de US$ 9.937, a alta diária de 11 de junho, para onde está agora, ou seja, US$ 9.121, o que significa uma perda de 8,2%.

Quando o assunto é mercado financeiro, esteja atento aos movimentos desse universo, em especial os impactos nos preços das moedas que você já operacionaliza, em especial o Bitcoin.

E nunca se esqueça que, informação de qualidade e paciência são a chave para o sucesso de qualquer negócio.

(Com informações do portal de notícias WeBitcoin).

Como comprar criptomoedas de forma segura?

Para comprar qualquer  moeda digital acesse Cointradecx.com e cadastre-se. O processo é simples e sem custo.

Fique à vontade para enviar as suas dúvidas para support@cointradecx.com e siga-nos em nossas redes sociais para ficar por dentro das últimas notícias: FacebookInstagram e Twitter.

Deixe uma resposta